Pescaria de rio: saiba onde pescar os principais peixes

Pescaria de rio: saiba onde pescar os principais peixes

23/11/2020 2 Por Carlos Eduardo
Compartilhe:

Dicas básicas para você entender o comportamento dos principais peixes de rio

Todo mundo já fez uma pescaria de rio em um lugar desconhecido e por algum motivo não pegou nada. Algumas vezes o rio pode não ser assim tão povoado, mas muitas vezes o que faltou foi apenas um pouco de conhecimento sobre o comportamento dos peixes do local.

Se você conversar com pescadores locais, poderá conhecer melhor as espécies da região e assim já poderá pesquisar sobre as melhores iscas a se utilizar de um modo geral. Mas se você não tiver informações privilegiadas, é bom saber alguns comportamentos gerais dos peixes de água doce ou salobra (no caso do mangue).

No Brasil, por ser um país de dimensões continentais, é claro que muda muito a diversidade de espécies de região para região, mesmo assim alguns peixes podem ser encontrados em diversas bacias. E é sobre isso que esse artigo trata. Vamos lá?

Saiba onde pescar os principais peixes da pescaria de rio em 7 situações distintas

1. Pescaria na vegetação

pescaria de rio vegetação

Talvez a pescaria na vegetação próximo a beira do rio, barranca ou até mesmo algum afluente seja a mais comum. Este ponto do rio é geralmente coberto por aguapés, algum tipo de capim ou outras plantas locais. É o habitat de muitos peixes pois é um bom local para se esconder dos predadores. Porém, os predadores também sabem disso, então as áreas de vegetação dos rios são ótimos locais para você pescar e com grandes chances de sucesso.

Peixes de rio que habitam a vegetação:

  • Traíra Comum
  • Trairão Amazônico
  • Traíra Tornasol (Sul na fonteira com o Uruguai)
  • Cará ou Acará
  • Lambari
  • Jacundá ( Joana ou Joaninha )
  • Aruanã
  • Pacu
  • Tambaqui (Nas cheias em meio a vegetação inundada)

2. Corredeira (Superfície e Fundo )

pescaria de rio corredeiras

A pesca de corredeira pode ser variada de acordo com o tipo de rio, região e clima, mas de um modo geral você encontrará diversidade nessa parte do rio. Alguns peixes estarão mais ao fundo do canal como os peixes de couro, já outros predadores como os Dourados preferem meia água e superfície de águas correntes e limpas. São pescarias diferentes que ocorrem no mesmo tipo de situação. Os peixes de couro serão atraídos por isca natural, geralmente peixes menores, e os de meia água e superfície poderão ser pescados com iscas naturais e artificiais.

Peixes de rio que habitam corredeiras

  • Mandi (Fundo)
  • Jundiá (Fundo)
  • Pirarara (Fundo)
  • Piraíba (Fundo)
  • Jaú (Fundo)
  • Cachara / Surubim (Fundo)
  • Piau, Piapara, Piava (Fundo e Meia Água)
  • Saicanga (Meia Água e Superfície)
  • Corvina (Meia Água)
  • Cachorra (Meia Água e Superfície)
  • Dourado (Meia Água e Superfície)
  • Piraputanga (Meia Água e Superfície)
  • Bicuda (Superfície)

3. Águas limpas (Montanha / Serra)

pescaria de rio em águas limpas

A pesca em rios de águas limpas é muito comum em rios de regiões serranas no Brasil como nas serras do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Esse tipo de rio com águas muitas vezes cristalinas é o habitat perfeito para espécias de água fria e que necessitam de muita oxigenação. A pesca nessas áreas é muito praticada com fly fishing (pesca com mosca). Algumas espécies desse tipo de ecossistema são nativas, já outras são inseridas (é o caso da Truta Arco-Íris).

Peixes de rios de águas limpas

  • Dourado
  • Piraputanga
  • Tabarana
  • Truta Arco-Íris

4. Estruturas

pescaria de rio estrutura

Essa talvez seja atualmente a área dos rios mais procurada pelos pescadores esportivos no Brasil. E não para menos, pois é o habitat do grande embaixador da pesca esportiva brasileira: o Tucunaré! Mas não é só o Tucuna, como é carinhosamente chamado o Tucunaré, que é encontrado nas estruturas dos rios, principalmente no Centro-Oeste, Sudeste e Norte do Brasil. Há outras espécies que podem estar a espreita nesses locais, como Pirarucus, Trairões e outros predadores.

Peixes de rios que vivem na estrutura

  • Tucunaré
  • Traíra Comum
  • Trairão
  • Jacundá
  • Oscar
  • Cará ou Acará
  • Pacu
  • Tambaqui (Principalmente nas cheias)
  • Pirarucu ( Águas quentes, limpas, claras ou pretas)

5. Mangue

mangue

As áreas de mangue são comuns em regiões litorâneas pois o mangue é uma vegetação que é mais comum em águas salobras e com variação de maré. Com alta diversidade de crustáceos e pequenos peixes, esses estuários tornam-se a casa preferida de alguns predadores bem conhecidos na pesca. A pesca no mangue pode ser feita através de iscas naturais, iscas artificiais como os Head Jigs, Superfície e Meia Água (Robalos) e Sabiki (Sardinhas, Manjuba e Peixe-Rei).

Peixes encontrados no mangue

  • Robalo
  • Tainha
  • Manjuba
  • Peixe-Rei
  • Sardinha

6. Regiões com pedras

pedras

Diversas espécies de peixes vivem em meio as pedras, seja em remansos ou corredeiras dos rios. Nessa área é comum ter mais tranqueiras então se você for pescar com linha de fundo procure utilizar chumbos leves e achatados para que na hora de recolher, a linha suba rapidamente até a superfície, evitando perda de equipamento.

Peixes que habitam pedras nos rios

  • Piapara, Piau, Piava
  • Lambari
  • Cachorra
  • Saicanga
  • Jacundá
  • Dourado
  • Truta (Rios de montanha com temperatura baixa e água limpa)

7. Remansos dos rios

remansos

Os remansos são águas mais calmas que se formam geralmente em curvas ou entradas dos rios. Esse tipo de curso d’água pode ser a casa de diversos tipos de peixes, uns pequenos e calmos, outros predadores espetaculares. Dependendo da região do Brasil onde você for pescar em um remanso, o local pode te surpreender no quesito “pesca esportiva”.

Peixes que habitam águas calmas dos rios

  • Lambari
  • Cará ou Acará
  • Oscar
  • Pirarucu
  • Traíra
  • Trairão
  • Jacundá
  • Jundiá
  • Piranhas

Considerações finais

Você pode ver que há muitas situações diferentes na pescaria de rio. Se você puder se informar com ribeirinhos antes da pesca será de grande valia. Cada região do Brasil tem suas espécies e clima específicos, mas de um modo geral o comportamento das espécies é parecido. Espero que você tenha curtido essa publicação e que ela te ajude a fisgar muitos troféus nas suas próximas pescarias de rio.

Se você conhece ou vivencia uma situação diferente ai na sua região, na pesca de rio, deixe sua opinião sobre pescaria de rio nos comentários. Aproveite e siga Pescaria S/A no Facebook e fique atualizado sobre nosso conteúdo. Também estamos no Youtube com nosso Canal Pescaria S/A. Obrigado por visitar o Blog Pescaria S/A. Boa pescaria!