Como criar minhoca alternativa ao minhocuçu para pesca?

Compartilhe:

Saiba como iniciar sua criação da minhoca gigante africana (Eudrilus eugeniae), uma excelente alternativa ao minhocuçu na pesca

Todo pescador conhece ou pelo menos já ouviu falar no Minhocuçu (Rhinodrilus alatus), uma espécie de minhoca gigante considerada silvestre e ótima para pesca, predominante no cerrado brasileiro, mas você sabia que há uma alternativa muito viável para a criação de uma minhoca semelhante, com regulamentação inclusive para comercialização? Trata-se da Minhoca Giganta Africana (Eudrilus eugeniae).

O mercado da pesca cresce demais em todo o Brasil, e sabendo-se que a extração do minhocuçu é muito burocrática e restrita a uma região específica do Brasil, possuir uma alternativa torna-se não somente sustentável como economicamente rentável.

Minhoca Gigante Africana

minhoca gigante africana para pesca

Essa é uma minhoca da espécie gigante-africana (Eudrilus eugeniae) que pode ser utilizada como isca com comprimento médio de dez centímetros e espessura próxima de oito milímetros no terço anterior de seu corpo. Por ser inquieta, odorante e apresentar cores vibrantes ao longo do dorso que reproduzem o arco-íris, a Minhoca Gigante Africana é facilmente perceptível pelos peixes.

A difusão de uma espécie exótica de minhoca como isca para pesca e permissível de se criar é ecologicamente importante por se colaborar com a preservação dos minhocuçus que, além de ainda não se procriarem com êxito em cativeiro, são capturados da natureza muitas vezes clandestinamente, sob severas restrições do IBAMA.

Como criar essa minhoca como alternativa ao Minhocuçu?

Pesquisando sobre o assunto, me deparei com uma empresa que atua nesse segmento desde a década de 90, a Minhobox. O ano era 1993, e como a própria empresa relata, o mercado não era assim tão preocupado com impacto ambiental, a Minhobox surgiu com o intuito de dar um destino adequado a resíduos orgânicos da indústria através da minhocultura.

Inicialmente utilizando a técnica convencional de minhocultura, através de canteiros, a empresa inovou e aprimorou a cultura criando e patenteando a Minhocultura Vertical, através de caixas empilhadas. Surge então o Minhobox!

Minhobox

Vinte e seis anos depois de ter sido inventada, a tecnologia de minhocultura vertical em caixas recebeu novos ajustes e aprimoramentos que conferem mais praticidade ao manejo e, sobretudo, promovem melhores possibilidades de atuação das minhocas, aumentando a produtividade da criação.

minhobox minhocário de caixas minhoca gigante africana minhocuçu
Imagem: Reprodução / Minhobox

As modificações, entretanto, foram criteriosamente respaldadas em princípios ecológicos e biológicos das espécies exploradas na minhocultura que fazem parte do grupo de minhocas epigéicas. Na natureza, elas habitam o estrato superficial do solo, constituído por fezes animais e restos vegetais em decomposição. Se comparada com as camadas mais profundas do solo e que contêm terra, esta faixa apresenta disponibilidade mais elevada de matéria orgânica e maior oxigenação.

A condição deste ambiente mais poroso e aerado foi devidamente considerada ao se desenvolver o recipiente da nova técnica Minhobox Air para atender a exigência impreterível por oxigenação das minhocas epigéicas: além de diminuir a altura do recipiente, criou-se uma coluna central perfurada que propicia o arejamento do miolo do substrato. A entrada de ar novo na caixa e a saída de gases gerados pelas minhocas são possibilitadas através de um respiradouro poroso fixado no centro da tampa.

O fundo da nova caixa também foi aperfeiçoado para incrementar a transferência das minhocas. Os recortes largos no fundo aumentam a superfície de contato entre o húmus da caixa consumida e o novo substrato da caixa receptora, enquanto estiverem conectadas, melhorando a eficiência de descida das minhocas.

O desenho piramidal da nova caixa também é favorável à prática da etapa de passagem das minhocas: ao se remover o fundo vazado, o conteúdo dela estruturado pela humificação fica retido no interior, sem cair, mesmo sem a existência de grade ou tela.

Especialização e suporte

Os maiores diferenciais que encontrei no produto da Minhobox são o curso de minhocultura e o suporte técnico que pode ser utilizado inclusive com uso de um aplicativo. Se você pesca com muita frequência ou deseja criar um negócio local para comercializar minhocas para pesca, esses dois diferenciais serão de grande valia.

O investimento aproximado para iniciar sua criação é de aproximadamente R$ 1.000,00 + frete (preço para o kit Hobby iscas). Nesse kit, o comprador receberá 4 caixas aeradas, 4 colunas perfuradas, 4 fundos móveis, 4 tampas com respiradouros e 1 colônia reprodutora (80 minhocas gigante-africana – Eudrilus eugeniae).

Você poderá produzir o substrato para sua criação das minhocas com suporte total da empresa mas a mesma também oferece o substrato pronto para venda. Isso irá facilitar a sua criação. O custo de um saco de 30 litros de substrato pronto é de aproximadamente R$ 70,00 + frete.

O que é substrato?

Substrato para minhocas é o ambiente em que elas vivem e do que se alimentam. O produto é proveniente do esterco puro e fresco de vacas em lactação previamente submetido a um tratamento criterioso que, através de uma técnica particular da Minhobox, diferente da compostagem, o torna plenamente assimilável pelas minhocas, ajusta sua granulação para promover porosidade, estabiliza a fermentação para se evitar o aquecimento e povoa com microfauna sapróbia, o transformando em ótimo alimento e, sobretudo, em ambiente para as minhocas viverem muito melhor.
Se adotada a densidade populacional apropriada, o substrato para minhocas favorece a máxima reprodução e promove a melhor humificação.

substrato para minhocas

2 sacos são suficientes para o módulo hobby iscas de Minhobox. Mas lembre-se, você não é obrigado a comprar esse substrato e a empresa irá te orientar na produção própria após a aquisição do produto.

Dica importante

Eu recomendo que antes de realizar esse investimento o consumidor procure se instruir através do curso oferecido pela empresa. Isso irá ampliar imensamente o seu conhecimento técnico afim de obter o maior sucesso possível na sua criação de minhocas. Lembre-se que você deseja uma alternativa ao minhocuçu, então é extremante necessário realizar todos os processos de forma correta para criar minhocas saudáveis e com seu crescimento normal. O curso pode ser conhecido e adquirido aqui.

Considerações finais

Como você pode ver, é totalmente possível criar uma minhoca alternativa ao Minhocuçu sem agredir o meio ambiente. É claro que você pode tentar criar seu próprio minhocário, mas o que eu compartilhei aqui é um produto completo e com todo o suporte de quem conhece o assunto para você ter sucesso na sua criação. Se você curtiu essas dicas e tem outras para sugerir, deixe seu comentário aqui no blog que vamos compartilhar ele com nossos outros leitores.

Aproveite e siga Pescaria S/A no Facebook e fique atualizado sobre nosso conteúdo. Também estamos no Youtube com nosso Canal Pescaria S/A. Obrigado por visitar o Blog Pescaria S/A. Boa pescaria!

1 comentário em “Como criar minhoca alternativa ao minhocuçu para pesca?”

Deixe um comentário