Mapa da Traíra no Brasil – Espécies e Regiões

Compartilhe:

Saiba onde pescar as três principais espécies de Traíra existentes no Brasil

Não é novidade para os pescadores brasileiros que a Traíra é uma das espécies mais pescadas e comuns em rios, açudes, lagos, represas, lagoas e barragens espalhadas por todos os estados do Brasil. Mas de qual Traíra estamos falando? Bem, neste artigo resolvi fazer uma pesquisa sobre a presença das três principais espécies de Traíra existentes no território brasileiro.

mapa da traíra no brasil onde pescar espécies e regiões

Para poder chegar a esse mapa da Traíra no Brasil, fiz uma pesquisa em estudos acadêmicos e especializados nas espécies Hoplias malabaricus (Traíra comum), Hoplias lacerdae (Trairão Tornasol) e Hoplias macrophthalmus ou Hoplias aimara (Trairão Amazônico). Acredito que essas três Traíras são responsáveis por grande parte das fisgadas desse peixe incrível em nosso país.

Observação: Essa pesquisa NÃO leva em consideração barragens, açudes, lagoas, pesqueiros particulares e represas com presença de espécies inseridas artificialmente recentemente.


Espécies de Traíra mapeadas

Hoplias Malabaricus

A Traíra (Hoplias malabaricus) comum é a espécie mais facilmente encontrada, pois pode ser pescada em todos os estados brasileiros e também no Distrito federal. É encontrada comumente com comprimento que beira os 40cm mas segundo o site Aquarismo Paulista, essa espécie pode alcançar 55cm conforme as condições do ambiente.

Família: Erythrinidae (Erythrinídeos)

Nome científico: Hoplias malabaricus

Onde pescar (UF): Em todos os estados brasileiros


Hoplias Lacerdae

trairão tornasol hoplias lacerdae

O Trairão Tornasol (Hoplias lacerdae) é uma espécie de Traíra que pode alcançar seus 100cm de comprimento. É uma espécie encontrada nos rios Ribeira de Iguapé e Rio Uruguai. É uma espécie de Traíra que possui coloração marcante do bronze para o verde azulado.

Família: Erythrinidae (Erythrinídeos)

Nome científico: Hoplias lacerdae

Onde pescar (UF): RS (Rio Uruguai), SC (Rio Uruguai), PR (Rio Ribeira de Iguapé), SP (Rio Ribeira de Iguapé).

IMPORTANTE: Uma recente revisão taxonômica do grupo Lacerdae, baseada em dados merísticos e morfométricos identificou cinco espécies distintas: Hoplias lacerdae distribuída nos rios Ribeira de Iguape e Uruguai; H. intermedius no rio São Francisco, alto rio Paraná e rio Doce; H. brasiliensis nos rios costeiros da drenagem Atlântica, desde o rio Paraguaçu até o rio Jequitinhonha; H. australis espécie nova, endêmica ao rio Uruguai; e H. curupira espécie nova no norte da América do Sul, incluindo os rios Negro, Trombetas, Tapajós, Xingu, Tocantins e Capim na bacia Amazônica; alto rio Orinoco próximo ao rio Casiquiare (Venezuela) e rios costeiros da Guiana e Suriname. São designados um lectótipo para Hoplias intermedius e um neótipo para H. brasiliensis.


Hoplias macrophthalmus ou Hoplias aimara

trairão amazônico hoplias macrophthalmus ou hoplias aimara

Estudos realizados com mais de 200 espécimes de Trairão Amazônico confirmaram que as espécies Hoplias macrophthalmus (Pelegrin, 1907) e Hoplias aimara (Valenciennes, 1846) tratam da mesma espécie de Traíra. Essa espécie pode ser pescada nas drenagens do Rio Tocantins, Rio Xingu, Rio Tapajós, Rio Jarí e Rio Trombetas, em drenagens costeiras das Guianas, Suriname, e estado de Amapá, Brasil.

Família: Erythrinidae (Erythrinídeos)

Nome científico: Hoplias macrophthalmus (Pelegrin, 1907) e Hoplias aimara (Valenciennes, 1846)

Onde pescar (UF): AP (Rio Jari), AM (Rios Jari, Tapajós e Xingú), GO (Rio Tocantins), MA (Rio Tocantins), MT (Rios Xingú e Tapajós), PA (Rios Tocantins, Xingú, Tapajós e Trombetas), TO (Rio Tocantins).

Fontes: Locus UFV, O ECO, Scielo, Allen Press, CPT, Aquarismo Paulista, Pesca & Cia.


Considerações finais

Gostou do nosso mapa da Traíra no Brasil, com as espécies e regiões onde estão presentes nos estados brasileiros? Já pescou alguma delas, ou todas? Deixe seu depoimento nos comentários. Aproveite e siga Pescaria S/A no Facebook e fique atualizado sobre nosso conteúdo. Também estamos no Youtube com nosso Canal Pescaria S/A. Obrigado por visitar o Blog Pescaria S/A. Boa pescaria!

Deixe um comentário