10 peixes de água doce mais comuns no Brasil

10 peixes de água doce mais comuns no Brasil

13/06/2020 0 Por Carlos Eduardo
Compartilhe:

Eles são comuns mas alegram milhões de pescadores de todo o país

Todos os dias, milhões de peixes são pescados em locais de água doce espalhados por todo o Brasil. Muitos desses peixes são devolvidos para a água após a captura, outros acabam sendo levados para consumo, outros são produto da pesca comercial. Alguns dos peixes mais comuns da água doce brasileira podem também oferecer ótima desportividade aos apaixonados por uma boa pescaria. É sobre isso que vamos tratar nessa publicação.

Do sul ao norte do Brasil, há milhares de locais onde os pescadores podem se divertir pescando peixes de todos os tipos, e cada região possui algumas peculiaridades no que se refere as espécies de peixes. Por exemplo, no norte do Brasil, principalmente na bacia amazônica, espécies como a Pirarara, a Piraíba e o Pirarucu, podem ser capturados na natureza, já no sul do Brasil os Dourados podem ser encontrados em diversos rios dos 3 estados da região.

Porém, há peixes que incrivelmente podem ser pescados em praticamente todo o país, seja em rios, córregos, lagoas, represas, açudes ou barragens. Alguns deles possuem pequenas alterações da espécie principal, outros possuem nomes diferentes, mas estão lá, marcando sua presença. E o fato de povoarem quase toda a água doce do Brasil os torna muito populares e conhecidos por grande parte dos pescadores.

Veja quais são os 10 peixes de água doce mais comuns no Brasil

  • Traíra
  • Lambari
  • Piava / Piapara / Piau
  • Mandi Pintado
  • Jundiá
  • Tilápia
  • Jacundá
  • Saicanga / Branca / Tambica
  • Cará / Acará
  • Tucunaré

1. Traíra

traíra peixes mais comuns

A Traíra habita águas paradas de lagos, represas, brejos, remansos e rios, tendo preferência por barrancos com vegetação, onde espreitam e emboscam suas presas. É uma espécia distríbuída em todo o território brasileiro. A Traíra é um peixe carnívoro, alimentando-se de pequenos peixes, rãs e insetos. Espera a presa imóvel, junto ao fundo de lama ou em locas de pedras, desferindo um bote rápido e fatal.

2. Lambari

lambari peixes mais comuns

Os Lambaris habitam rios, riachos, lagoas e represas, mesmo onde há ocupação humana. São peixes omnívoros e detritívoros, alimentando-se de frutos, sementes e insetos terrestres, vegetais aquáticos, escamas, ovócitos e outros peixes. Até mesmo detritos e sedimentos são consumidos pelos Lambaris. Sua espécie é distribuída por todo o Brasil.

3. Piava / Piapara / Piau

piava piapara ou piau peixes mais comuns

O “leporinus”, gênero com algumas espécies diferentes como a Piava ou Piapara e o Piau, é um peixe omnívoro, com tendência a carnívoro (principalmente insetos) ou frugívoro (frutos e sementes pequenas), dependendo da oferta de alimentos. Os peixes “leporinus” habitam margens de rios, lagos e florestas inundadas. Estão presentes em todo o país, podendo ser encontrados com vários nomes.

4. Mandi Pintado

mandi pintado peixes mais comuns

O Mandi Pintado habita remansos das margens dos rios, locais com areia e cascalho no fundo. É um peixe omnívoro, alimentando-se de larvas bentônicas de insetos, algas, moluscos, peixes e fragmentos de vegetais. Sua captura é muito comum com minhocas como isca. Sua espécie é distribuída por todo o Brasil, encontrada na Amazônia e em todas as Bacias hidrográficas brasileiras.

5. Jundiá

jundiá peixes mais comuns

O Jundiá é um peixe que habita rios com fundo arenoso e remansos de rios, próximos à boca do canal, onde procura alimento. É um peixe omnívoro, com tendência a piscívoro, e bentônico, especulador do substrato. Também alimenta-se de insetos terrestres e aquáticos, crustáceos e restos vegetais, além de peixes como os lambaris e os guarus. Jundiás maiores, acima dos 5kg podem ser capturados também com rãs como isca.

6. Tilápia

tilápia peixes mais comuns

A Tilápia habita águas lênticas de lagoas e represas. É adaptável à água salgada. A Tilápia é um peixe omnívoro, herbívoro ou fitoplanctófago. Alimenta-se de insetos, microcrustáceos, sementes, frutos, raízes, algas, plâncton e pequenos peixes. Sua espécie é distribuída em todas as Bacias do Brasil, disseminada por meio de peixamentos.

7. Jacundá

jacundá ou joana ou joaninha peixe comum

O Jacundá, também conhecido por Joana ou Joaninha é um peixe que habita rios, remansos de rio, lagoas e represas, sempre próximos à estruturas como paus, pedras, entre outras. É um peixe carnívoro, alimentando-se de pequenos peixes, camarões e outros invertebrados. Sua espécie é distribuída em todo o Brasil.

8. Saicanga / Branca / Tambica

saicanga ou branca ou tambica

A Saicanga, também conhecida por Branca ou Tambica é um peixe carnívoro, muito agressivo, principalmente nas primeiras horas do dia e ao entardecer. Costuma se alimentar de pequenos peixes, insetos aquáticos e terrestres e, ocasionalmente, raízes de vegetais. Ataca sempre em cardumes e volta rapidamente para algum local que sirva de abrigo. Sua espécie pode ser encontrada em praticamente todo o Brasil.

9. Cará / Acará

cará ou acará peixe comum

O Acará habita ambientes de águas paradas, mas também é encontrado nos rios, especialmente nos remansos ou nas margens com vegetação abundante. É uma das poucas espécies que se adaptam muito bem às condições de reservatórios. É uma espécie omnívora, alimentando-se de uma ampla variedade de alimentos no fundo (perifíton, pequenos crustáceos, peixes, insetos, larvas, folhas, frutos e outras matérias orgânicas), estes triados com sua boca protrátil.

10. Tucunaré

tucunaré peixe comum

O Tucunaré habita açudes, represas, rios e tanques de piscicultura. Pode ser encontrado em quase todas as regiões do Brasil, menos no RS e SC, onde o clima não á favorável a sua presença. No Paraná há alguns casos onde o Tucunaré conseguiu se adaptar mas também é reduzida a sua presença. Nos demais estados brasileiros este peixe esportivo é muito bem adaptado. É um peixe carnívoro, alimentando-se principalmente de peixes e camarões. Persegue a presa, ou seja, após iniciar o ataque, não desiste até conseguir capturá-la.

Fonte de pesquisa: CPT

Conclusão

Gostou do nosso artigo sobre os 10 peixes mais comuns no Brasil? O peixe que você mais pesca na sua região consta nessa lista? Deixe sua opinião nos comentários. Aproveite e siga Pescaria S/A no Facebook e fique atualizado sobre nosso conteúdo. Também estamos no Youtube com nosso Canal – INSCREVA-SE. Obrigado por visitar o Blog Pescaria S/A. Boa pescaria!