Pescador fisga Pirarucu com mais de 117kg no Rio Turvo 5/5 (1)

Compartilhe:

Tiago tem 18 anos, fisgou o peixe em Cardoso / SP e levou mais de 1 hora e meia para tirar o peixe da água

O comerciante Tiago Aparecido dos Santos, de 18 anos, fisgou um pirarucu com 117 quilos na tarde da última quinta-feira (20), no Rio Turvo, em Cardoso, interior de São Paulo.

A espécie é natural da bacia amazônica e começou a aparecer nos rios da região noroeste paulista depois que uma barragem onde o peixe era criado em cativeiro se rompeu.

“Usamos isca artificial para fisgar. Não foi fácil tirar da água. Não é história de pescador, não. Tem vídeos e fotos para comprovar”, brinca o jovem Tiago Aparecido dos Santos.


Tiago dos Santos já conseguiu fisgar outros pirarucus no mesmo trecho do Rio Turvo, mas nunca um tão pesado quanto o último.

“Meus amigos Guilherme e Nivaldo me ajudaram a tirar o peixe da água, assim como outras pessoas que estavam no rio. Nós fizemos a pesagem. Deu 117 quilos, mas o rabo ficou relando no chão, então, na verdade, o peixe é mais pesado ainda”, conta.

O comerciante também relata que a espécie tomou conta do Rio Turvo, prejudicando peixes nativos da região noroeste paulista.

“Tem muito pirarucu. Se a gente não continuar pescando, vai chegar uma hora que não vai ter outro tipo de peixe. Muita gente não sabe o estrago que o pirarucu faz em um rio como o nosso”, diz.

tiago aparecido dos santos pirarucu 117kg rio turvo cardoso sp
Foto: Arquivo Pessoal/Tiago Aparecido dos Santos

O Pirarucu no Rio Turvo

De acordo com a Polícia Ambiental, o pirarucu é uma espécie invasora. Portanto, a pesca é liberada no interior de São Paulo, inclusive durante a época da piracema.

Fonte: G1


Considerações finais

O pirarucu é um dos maiores peixes de águas doces fluviais e lacustres do Brasil. Pode atingir três metros e vinte centímetros e seu peso pode ir até 330 kg. É um peixe que é encontrado geralmente na bacia Amazônica, mais especificamente nas áreas de várzea, onde as águas são mais calmas. Segundo a Polícia Ambiental, no Rio Turvo o Pirarucu é considerado uma espécie invasora, portanto tem sua pesca permitida.

Gostou da publicação? Então compartilhe com seus amigos. Aproveite e siga Pescaria S/A no Facebook , Pescaria S/A no Instagram e Pescaria S/A no Twitter para ficar atualizado sobre nosso conteúdo de pesca. Também estamos no Youtube com nosso Canal Pescaria S/A. Obrigado por visitar o Blog Pescaria S/A. Boa pescaria!

Por favor, avalie isto

1 comentário em “Pescador fisga Pirarucu com mais de 117kg no Rio Turvo”

  1. Só tenho dúvidas se realmente é o Pirarucú o responsável pelo sumiço dos peixes, ou se é um “bode expiatório” pra esconder os veradadeiros responsáveis pelo sumiço dos peixes…por mais que eles comam, nada supera a voracidade predatória do ser humano…Vejo aqui muita gente usando redes e tarrafas fora do padrão e sem serem autorizados…fazem arrastão destemidamente a luz do dia…batem tarrafas nas margens e armam redes em cevas de pescadores convencionais, pescadores de varinha de mão…infelizmente onde falta o poder público, seja por omissão ou seja por falta de condiçoes, impera a ilegalidade…”mas o culpado é o Sebastião”

    Responder

Deixe um comentário